14 março 2012

Um pouco de poesia:

 

flores2

 


CONDIÇÃO

Se me chamarem, eu compareço!
Se eu for pequeno, com o tempo cresço!
Se ainda sou verde, amadureço.
Se eu for jovem, eu “envelheço”.
Se tiver flecha tem arremesso;
Se vai a carta, tem endereço.
Se tem escada, eu subo e desço.
Se estiver vivo,eu não pereço...
Se estão tecendo, eu também teço!
Se estou forte, eu não faleço...
Se estou alegre, não entristeço!
Se há felicidade, ela não tem preço
Se eu tiver chance, me estabeleço!
Se alguém conhece, também conheço.
Se é muito pouco, não ofereço.
Se diminuem, eu engrandeço!
Se tiver frio eu me aqueço.
Se algo faltar, eu abasteço!
Se estiver seca, eu umedeço...
Se eu for forte, não enfraqueço
Se alguém despreza, eu enalteço.
Se é impossível, eu desconheço!
Se eu tenho coragem, não amoleço;
Se tiver calma, não embruteço;
Se sou direito, não sou do avesso.
Se há diferença, eu não pareço.
Se for ao fim, volto ao começo;
Se me xingarem, eu não mereço;
Se me aplaudirem, eu agradeço!
Se sair de cena, desapareço!

[ASF]

 

AS MÃOS

As mãos são As melhores ferramentas que existem
e com elas fazemos todas as outras!
E com as outras multiplicamos
a nossa capacidade de trabalhar em quase tudo;
Com as mãos, em alguns casos,
podemos até “consertar” mãos!
As mãos são ferramentas tão perfeitas
que até hoje ninguém conseguiu
copia-las corretamente.
As mãos fazem o mal e fazem o bem.
Só depende de quem as usa.
As mesmas mãos que acenam na despedida
podem ser as que abraçam na chegada.
Feliz de quem mantém as mãos limpas!
As mãos de artistas maravilham
com suas obras os admiradores de arte!
As mãos dos trabalhadores enobrecem a alma;
As mãos dos profissionais de saúde salvam vidas;
As “mãos-bobas” não sabem o que fazem;
As mãos santas, nos momentos de prece,
elevam as almas para Deus!
As mãos “sujas” atrasam a humanidade;
As mãos que se unem para o bem mostram
os desejos de milhões de pessoas.
As mãos que pedem, recebem.
Saber usar bem as mãos é uma sabedoria.
Por tudo isso é que eu digo:
Não percamos tempo. Mãos à obra.

[ASF]

 

Gosta de poesia?! Convido para o Jornal da poesia: http://www.jornaldepoesia.jor.br/

Boa leitura!

 

abçs
Postar um comentário

Pesquisar no blog ou na web:

Google