17 abril 2010

Aniversário de Monteiro Lobato

 

Ao ler Monteiro Lobato, suas fabulas complexas e intrincadas, não imaginava que ele escrevia pensando em conceitos para o  futuro e de caso pensado, em mudar a criança para que o adulto fosse melhor. São dele as frases:  “Nunca vi uma bala matar uma idéia” e “Um pais se faz de homens e livros”. Ele não deve ter imaginado o grau de imobilidade, individualidade, que a sociedade chegou.

Continuo indignada, diante de tudo isso, com meu quinhão de opção de mudança, com palavras apaixonadas. Quem sabe outros virão com maior força e poder de transformação logo a frente.

Parabéns para todos os que ainda lêem e tem idéias próprias, não enlatadas e pré-processadas por tantos canais. Que podem escolher entre tantas opções, sem achar que tratar a vida com mais atenção e seriedade é chato, brincar sem humilhar, sem magoar, , que ser honesto é ser ridículo, ter tudo de maravilhoso para viver com felicidade e não só colecionar coisas sem sentido, só pelo poder de ter.

Desejo a todos equilíbrio, sabedoria e paz, que são conquistas realmente valiosas.

Parabéns ML!

 

37425kr

Postar um comentário

Pesquisar no blog ou na web:

Google