20 fevereiro 2008

As idéias ainda são azuis!


Ambiente vermelho


Com metas rígidas, engessadas mesmo, para este 2008, tão bem estruturadas (pelo menos em teoria), ficará difícil o exercício da criatividade.

Quando trabalhava em empresas, ao recebermos novas ferramentas e técnicas de trabalho, só conseguíamos algum diferencial criativo, após toda a absorção das informações, sua digestão, assimilação. Ao seguir manuais novos, estamos tão envolvidos em decifra-los, coloca-los em prática, que pouco podemos fazer ou pensar de maneira autônoma, quanto aos conteúdos.

Recebendo hoje o saldo de minha tão ambicionada "cenoura", tão arduamente perseguida, quanto me foi possível correr, encontro este saldo reduzido a 1/5, estou corroída pela decepção e pela dor de ver expectativas, acredito justas, caindo pela vala do descrédito em meus superiores.

Como minhas dores sempre dão lugar a esperança e esta me leva sempre a frente, por acreditar na " nova vida", que só a Fé em algo maior pode dar, sobreviverei a este momento.

O que tenho a fazer é seguir o manual, ser alegre, usar as máscaras que todos nós usamos no exercício da vida profissional, tocar em frente. A trilha é estreita e só quem perseverar e acreditar, vislumbrará a sua colheita farta. Não há manual que faça funcionar uma máquina rapinada por seus construtores, onde suas peças, já vieram truncadas de fábrica.

É isso!
Boa sorte para todos os amigos neste 2008.

C l i q u e n a i m a g e m p a r a a m p l i a r
(tamanho A4)
(: As idéias ainda são azuis :)
Postar um comentário

Pesquisar no blog ou na web:

Google